3 de set de 2009

Técnicas Energéticas

Olá amigos, aqui estou postando algumas técnicas projetivas de grandes pesquisadores, use-a com vontade e determinação.
Muita luz e boas práticas energéticas...


Técnica do Estado Vibracional (E.V.)
Visualize mentalmente toda energia de seu corpo se concentrando dentro da sua cabeça. Imagine uma bola de energia dentro da cabeça e envolvendo a mesma. Concentre-se nessa bola de energia e através da impulsão da vontade, visualize ela descendo. Essa bola de energia vai descendo lentamente pelo pescoço, ombros, tórax, ao mesmo tempo braços e abdome. Ela continua descendo e agora ela desce pelos órgãos sexuais e nádegas, se aproximando das coxas. Agora ela desce pelas coxas, pernas e chegas nos pés. Ao chegar nos pés, visualiza agora a energia fazendo o percurso contrário, ou seja, dos pés a cabeça. Quando chegar novamente a cabeça, visualize essa energia descendo novamente até os pés pelo mesmo percurso, só que desta vez mais acelerado. Continue fazendo o percurso de ida e volta, mas imagine-o acelerando cada vez mais. O “vai-e-vem” vai se acelerando cada vez mais, até ele ficar tão veloz que a energia parece vibrar pelo corpo inteiro.

O ideal é realizar a técnica de 10 a 20 vezes por dia, não importando se você está no trabalho, na escola, na rua, sentado, deitado, em pé ou andando.

Autor: Saulo Calderon



Técnica da bolha energética para defesa
Está técnica pode ser usada tanto no corpo como projetado.

Exteriorize energias de todo o seu corpo, (sempre através da sua vontade, do seu comando ¨inquebrantável¨) , fazendo com que um círculo energético da cor de ouro cubra todo seu corpo, como se estivesse dentro de uma bolha energética dourada. Use toda sua vontade.

Está é uma outra forma de defesa, muito parecida com a circulação energética.

Pode ser usada também para ajudar numa conversa com algum espírito ou alguém endurecido, mas no caso mude a cor dourada para um rosa bem claro, e exteriorize as energias pensando em ajudar, mentalizando o amor.

A cor verde pode ser usada para cura.

A cor azul, pode ajudar a voar com mais velocidade, e também pode ajudar o desprendimento do corpo espiritual.

Autor: Saulo Calderon


Técnica para ajudar a atingir o estado vibracional
Olá Pessoal,
Quero passar para vocês uma técnica que um amparador passou para ajudar e facilitar o estado vibracional.
É bem simples, antes de começar o estado vibracional como estamos acostumados ( a técnica comum ), tente fazer um estado vibracional NA COLUNA VERTEBRAL, desde a base da coluna até o CEREBELO (até a parte logo acima do pescoço) levando a energia até a pineal.
Segundo ele isso vai fazer um estímulo no sistema nervoso o que vai fazer com que fique muito mais facil movimentar a energia pelo corpo, além de proporcionar uma harmonização do sistema nervoso, melhorando a memória e a lucidez, física e extrafísica.
Então é isso basicamente, tentar fazer o EV apenas na coluna e depois de um tempo, quando ela começar a ficar toda iluminada, passar para o corpo todo.
Estou treinando assim, e parece que facilita mesmo.
Para quem quiser tentar, bom treinamento!

Autor: Vanderlei Oliveira


Técnica da Circulação Fechada de Energias - (EV)
Definição. Circulação fechada de energias: controle consciente dos movimentos energéticos dentro de você mesmo, da sua cabeça até os seus pés e mãos, e o retorno à sua cabeça.

Sinonímia: circulação energética interna; dinamização do estado vibracional; energias em circuito fechado; energização fechada.

Vontade. A dimensão, a intensidade, a velocidade, e a duração da circulação fechada das energias conscienciais variam conforme a sua vontade atuante.

Utilidades. Dentre as utilidades do controle da circulação fechada de energias, dentro do seu próprio organismo humano e seus demais veículos coincidentes, por sua consciência encarnada, destacam-se: instalar o estado vibracional, condição que predispõe a decolagem até consciente da sua consciência projetada através do psicossoma; motivar você intensamente, dando-lhe confiança de usar as próprias energias e permitir-lhe distinguir as energias externas que você recebe; acelerar a sua própria digestão em ocasiões oportunas; sanar distúrbios orgânicos, mini-doenças, e pequenas indisposições; obter mil e um recursos conscienciais positivos, outros, facilmente, concebíveis por você ou qualquer pessoa; bloquear completamente as entradas de energias indesejáveis ao seu mundo interior; etc.

Prática. Pode-se fazer a energia circular, sem ser exteriorizada, da cabeça até os pés e dos pés até a cabeça, várias vezes, revertendo logo depois a manobra para a condição do estado vibracional intensíssimo, por todos os veículos de manifestação da consciência. Tal prática esteriliza vibratoriamente o ambiente, traz profundo bem-estar, disposição positiva, e autoconfiança à consciência encarnada.


Extraído do livro "Projeciologia" de Waldo Vieira. Edição de 1990. Páginas 384-385.

Estado Vibracional


Definição. Estado vibracional: condição na qual o duplo etérico e o psicossoma aceleram as vibrações a fim de escaparem às vibrações lentas do corpo humano, o que pode produzir a projeção da consciência encarnada através do psicossoma.

Sinonímia: atividade motora interna; efeitos vibracionais; estado elétrico extrafísico; estado energético; formigamento extrafísico; implosão de luz; sensações vibracionais.

Causas. O estado vibracional parece ser promovido, antes de tudo, pela condição de libertação ou soltura parafisiológica maior e benigna do duplo etérico. Atuam ainda como causas físicas para desencadear o estado vibracional: as vibrações físicas de todo o corpo humano; ventos frios; a queda da temperatura ambiental; condição de exaltação emocional; etc.

Características. O estado vibracional advém da intensificação do desprendimento de energias, pode ser perceptível ou imperceptível pela consciência, e somente acontece nas projeções conscienciais através do psicossoma com densidade maior, devido ao fato de este veículo carregar consigo um lastro maior do duplo etérico, ou o corpo energético. Merece ser esclarecido que as "sensações das vibrações", porém estas são as responsáveis (causas) pela geração daquelas (efeitos). Por isso, o estado vibracional acaba sendo, de fato, um estado energético, embora as realidades "vibrações" e "energias" sejam intrinsecamente bem diferentes.

Efeitos. Dentre as sensações do estado vibracional destacam-se movimento de ondas internas, iguais, de vibrações pulsantes e indolores, cujas freqüência – ou número de vibrações por segundo – e intensidade, podem ser comandadas pela vontade, sendo a freqüência aumentada ou diminuída ritmadamente, a intensidade mais forte ou mais fraca, varrendo o corpo humano imobilizado da cabeça até as mãos e os pés, e retornando ao cérebro, num circuito constante de breves segundos. Isto ocorre até que se atinge a freqüência natural de vibração ou a freqüência de ressonância de cada veículo de manifestação em separado.

Continuidade. Não raro, o estado vibracional caracteriza-se apenas pela sensação de intensa vibração contínua. Outras vezes aparecem ruídos ou sons intracranianos, bem como estímulos ou efeitos visuais.

Imagens. Imagens e comparações que os projetores conscienciais empregam para caracterizar as sensações do estado vibracional: alfinetadas e agulhadas generalizadas agradáveis; choque elétrico contínuo; correntes magnéticas; dínamo interno; eletricidade suave; formigamento interno; partida de motor interno; vibrações elétricas; etc.

Formigamento. Em Psicologia, recebe o nome de formigamento a sensação intermitente ou oscilante, de distribuição variável, como que um picotamento ambulante que dá idéia de um batalhão de formigas correndo sobre a pele, produzida sob a ação de uma corrente farádica pouco intensa ou de vibrações mecânicas muito fortes, que atinja uma ramificação nervosa sensitiva, antes de ser atingido o limiar da dor. Tal sensação caracteriza com bastante aproximação certas ocorrências do estado vibracional. Vale informar que o formigamento que passa a ser doloroso constitui ocorrência diferente e aí recebe o nome específico de "mirmalgia".

Relaxe. Às vezes vale o esforço de provocar o estado vibracional, não com a intenção única de produzir uma projeção consciencial lúcida completa através do psicossoma, porém com o objetivo de fugir à rigidez fria e coercitiva do restringimento do corpo físico, ou da prisão às formas humanas, num relaxe psicológico rápido e positivo.

Sensações. Quando provocado intensamente, visando ao relaxe psicológico, o estado vibracional pode predispor o surgimento de sensações positivas diversas: agradabilíssimo orgasmo vibratório que se manifesta pelo corpo inteiro; imersão num fogo energético como se todo o organismo estivesse dominado por um incêndio com labaredas que se elevam crepitantes; aparecimento instantâneo de olhos energéticos – à semelhança das minifontes ou olhos d’água – quais pequenos incêndios vibratórios que fluem com intensidade como repuxos localizados aparentemente num segmento ou área circunscrita do corpo humano, seja antebraço, panturrilha, plexo solar, etc.

Catalepsia. Freqüentemente as sensações vibracionais e a catalepsia benigna ocorrem ao mesmo tempo e surgem de modo indistinto para alguns projetores conscienciais lúcidos. Coroa o estado vibracional o eriçamento positivo da crista luminosa, humana, do chacra coronário iridescente.

Uníssonos. Em tese parece seguro presumir que o estado vibracional pode ocorrer com um médium encarnado e uma consciência desencarnada, que ainda não passou pela segunda morte, de modo uníssono, com vibrações sincronizadas, através de acoplamento áurico maior, decorrendo dessa junção diversos efeitos, inclusive intensa exteriorização recíproca de energias, e predispondo a fenômenos variados. É razoável supor que tal fato aconteça em certos casos de ectoplasma, e na transmissão de bioenergias, por exemplo.

Decolagem. No estágio final do estado vibracional podem ocorrer a sensação de pressão intracraniana e, logo após, a decolagem do psicossoma portando consigo a consciência, podendo esta permanecer consciente ou inconsciente quanto à ocorrência.

Desmaterialização. O estado vibracional mais avançado – ou o seu clímax – é a condição ectoplásmica total, ou a ocorrência de desmaterialização completa do corpo humano. Tal fato acontece nos fenômenos de parateleportação humana.

Enxaqueca. Algumas vezes durante uma crise forte de dor de cabeça, certos portadores de enxaqueca, ou hemicrania (psicopatologia), se queixam de ter a impressão de que todo o corpo humano fica vibrando e se movendo como se fosse um pêndulo muito rápido, o que faz lembrar exatamente as sensações parapsicofisiológicas, naturais, do estado vibracional.

Cadeira. As sensações do estado vibracional têm sido artificialmente criadas através da cadeira vibratória, junto com a estimulação Ganzfeld, fazendo com que a pessoa sinta vibrações como se uma corrente elétrica estivesse passando através do seu corpo humano com o objetivo de induzir-lhe a consciência à experiência da projeção lúcida. O pesquisador John Palmer observou que a metade do pessoal testado com a cadeira vibratória obteve êxito na indução da experiência da projeção consciencial lúcida.

Coletivos. Num grupo de indivíduos que se aglomeram sob a influência de um fator de ação comum sobre eles, ou mesmo numa considerável multidão, aonde ocorra o acoplamento áurico coletivo, fundamentalmente inconsciente quanto à ocorrência e gerado pelas emoções (contágio emocional), pode sobrevir o estado vibracional, também inconsciente quanto às energias e gerado pelas emoções do promotor, ou promotores do ajuntamento, e da maioria dos componentes da reunião. Tanto este tipo de acoplamento áurico temporário, quanto este tipo de estado vibracional fugaz podem ser de natureza positiva quanto negativa. A causa do fenômeno aqui é a interatração de cada consciência através do corpo emocional (psicossoma); os efeitos principais são gerados pelo corpo energéticos (duplo etérico). Não se pode esquecer que o projetor consciencial encarnado, projetado, pode não só observar quanto participar dessas ocorrências seja de modo consciente, na qualidade de socorrista extrafísico, ou de modo inconsciente, na condição de "bucha para canhão".


Positivos. Eis três exemplos de acoplamentos áuricos coletivos e estados vibracionais conjuntos, uníssonos, da multidão, que podem ser de natureza positiva: o líder religioso construtivo no pique máximo de sua fala à multidão em estado de expectativa; o virtuose ao término do concerto bem executado para uma platéia cônscia e sensível ao que ouve; o encerramento da fala do experiente paraninfo dos formandos no solene ato da formatura, etc. Quando a energia emocional e as circunstâncias são positivas, os amparadores aproveitam a oportunidade para socorrer extrafisicamente os seres encarnados e desencarnados necessitados.


Negativos. Eis dois exemplos de acoplamentos áuricos coletivos e estados vibracionais conjuntos, uníssonos, da multidão demente, de natureza inapelavelmente negativa, ou seja, manifestações de envenenamento de massa: o líder político quando açula a multidão durante um quebra-quebra; o clímax da embriaguez de fúria de uma sessão de linchamento; etc. Quando a energia comocional e as circunstâncias são negativas, os amparadores fazem o que podem para reduzir ao máximo os malefícios auxiliando a quem conseguem socorrer entre os manifestantes sempre em condições psicológicas subumanas.


Ambivalentes. Eis cinco exemplos de acoplamentos áuricos coletivos e estados vibracionais conjuntos uníssonos, da multidão, que podem ser de natureza ambivalente, positiva e negativa ao mesmo tempo: o entusiasmo dos torcedores do jogo decisivo no estádio esportivo lotado; a vibração por ocasião da passagem dos animais pela reta de chegada no grande prêmio do Jockey Clube; o clímax do desfile da escola de samba na passarela; o artista cantando para o seu público; o orador ao envolver psicologicamente os ouvintes; etc.


Extraído do livro "Projeciologia" de Waldo Vieira. Edição de 1990. Capítulos 327-329.
Autor: Waldo Vieira


Técnica para ativação dos chakras e limpeza aurica
Essa técnica é bem simples e é muito usado por yogues, mais precisamente na krya yoga.

Para a limpeza do seu campo aurico, respire profundamente, primeiramente enchendo o abdomen com o ar e depois o peito.

Visualize que respira uma névoa dourada. Prenda a respiração o máximo de tempo que você conseguir (um tempo confortável!).

Visualize que a mesma névoa dourada que você respirou está agora sendo expelida por todos os poros de seu corpo.

Faça isso e, a cada retensão da respiração, começe a visualizar que pequenos buracos vão se abrindo na sua pele, mostrando um ser dourado por debaixo dela.

Quando todo seu corpo estiver dourado, visualize que você está dentro de um ovóide de nuvem dourada.

Faça a prática por uns 10 min.

Em seguida começe a fazer a prática com os chakras.

Sentado, respire e prenda a respiração por um tempo confortável. Nesse periodo procure sentir os batimentos cardíacos na base da coluna.

Visualize que cada batimento é um flash de luz dourada.

Faça isso por 5 min. em cada chakra.

Os chakras estão situados em:

1) Base da coluna, chakra básico
2) 3 dedos abaixo do umbigo, chakra sexual
3) 3 dedos acima do umbigo, chakra umbilical
4) centro do peito, chakra cardíaco
5) região da garganta, chakra laríngeo
6) região interciliar, raiz do nariz, chakra frontal
7) 3 dedos acima da cabeça, chakra coronário.

Autor: Enki


Técmica Do Chafariz Energético
* Visualize à sua frente um rio muito bonito.

* Chegue perto deste rio e coloque seus pés na água. A água pode estar na temperatura que você desejar (quente, morna ou fria).

* Visualize que um pouco da água deste rio sobe pelos seus pés e pernas, chegando até a altura do seu chacra básico, limpando totalmente qualquer bloqueio neste chacra.

* Visualize agora que esta água continua subindo, chegando agora na altura do seu chacra sacro. Visualize então que esta água começa a sair pela boca da frente e também pela boca de trás do seu chacra, limpando-o totalmente.

* A água sobe mais um pouco e chega até seu chacra umbilical, desaguando pela parte da frente e de trás deste chacra.

* Agora a água chega no seu chacra cardíaco e desagua pela frente e por trás, limpando totalmente qualquer bloqueio nesta região.

* A água sobe mais um pouco e chega até seu chacra laríngeo. E da mesma maneira, ela sai pela parte da frente e de trás, desbloquendo totalmente sua garganta.

* Agora a água chega no seu chacra frontal e também desagua pela frente e por trás, limpando totalmente a região da sua testa.

* E por fim, a água sobe por toda a sua coluna e chega até seu chacra coronário, formando um chafariz de luz.

* Imagine que este chafariz vai aumentando de tamanho e vai molhando aos poucos todo seu corpo por fora, com esta água energética, curativa e relaxante... Até que você se sinta totalmente equilibrado e energizado.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita