29 de jun de 2012

Medo da projeção.

Ao sair do corpo nos deparamos com um mundo diferente, certo. Bom no meu caso ao me projetar eu deparo com o meu quarto escuro rs, foi o que aconteceu recentemente, eu tive uma catalepsia projetiva ou E.V. eu acho e me encontrei girando como um moinho eu só fiquei naquilo, achei estranho depois disso tentei atravessar a parede e não consegui pois estava muito denso. Agora eu penso, nesse dia eu estava com muito medo pois imagina durante aquele tornado projetivo eu me deparasse com uma figura não muito elegante, rs, eu teria um troço no corpo espiritual, rs. Mas voltando ao assunto medo percebo que o mair fator das pessoas terem medo de sair do corpo é o que vão encontrar lá fora, muitos tem medo de encontrar entidades deformadas o que é normal e no meu caso se eu estiver saindo e ver um espirito por mais bonito que ele seja eu irei voltar na hora pro meu corpo rs, acho que isso não é normal, claro brincando um pouco mas a verdade é que não tenho técnica para acabar com o medo pois ele é tão natural quanto sentir sede e fome, pois ele se torna uma defesa muito útil, mas é claro que na maioria das tentativas de projeção a perdemos devido o medo do que iremos encontrar, não especificamente lá fora mais sim no ambiente que estamos fazendo a prática energética, pois o corpo astral quanto mais perto do corpo físico tende a sentir mais medo e fica mais cauteloso, por isso sentimos muito medo do que iremos encontrar neste ambiente, seja no seu quarto, ou na sala. Quando saímos para fora de casa num lugar mais distante com o nosso corpo astral o medo diminui pois nos distanciamos da faixa de atividade do cordão de prata e ficamos com uma melhor soltura energética, mas é claro que ainda ficamos com um pouquinho de cautela. Tive projeções em que saí do corpo logo após um E. V. e catalepsia e nestas experiências eu sentia um pouco e até muito medo, cheguei a perder projeções e outras vezes até consegui sair e vencer o medo, mas também tive projeções em que despertei fora do corpo em outros lugares desconhecido e não senti sequer nenhum tipo de medo mas a minha lucidez estava muito baixa. 
A projeção nos proporciona muitos conhecimentos e experiências a serem partilhadas, espero que comentem e dividam suas projeções ou experiências no qual tiveram que passar pelo medo e relatem nem que tenha sido apenas uma catalepsia ou algo que sentiu nas suas tentativas.
Muita paz e luz...

26 de jun de 2012

Preso dentro de mim!

Após um tempo se ter experiências devido ao fato eu acho, em que muitas coisas vem rondando minha cabeça, tenho que me organizar melhor rsrsrs, claro que não é fácil pois temos que trabalhar para sobreviver isso é natural do ser humano, e também os estudos e concursos e muitos compromissos, acho que vou sumir de vez rsrsrs, brincadeiras a parte, mas a verdade é que somos pessoas que busca sempre o melhor degrau da vida pra se agarrar, mas as vezes nos damos de cara com a bruta realidade e desanimamos foi o que eu percebi que acontecia comigo pois mesmo conquistando alguns objetivos percebi que faltava algo dentro de mim, mas o que seria? Ontem fiz 20 anos, é verdade, e fiz uma auto avaliação de mim e percebi que tudo que vivi foi uma benção de Deus, mesmo com dificuldades e mesmo com grandes desafios sempre ergui a cabeça e continuei andando e ainda tenho apenas 20! não vivi nada ainda rsrsrs, e vejo pessoas da minha idade até mais novas sofrendo e chorando pois acham que tudo que elas tem não fazem sentido, talvez por se prenderem dentro de si e ficar vivendo sempre a mesma coisa. Meus amigos, não sou nem um tipo de conhecedor ou pesquisador de nome, mas o que relato aqui são experiências extrafísica e física, não posso deixar de compartilhar isso, pois é delas que vem o conhecimento é dela que vem o amadurecimento, eu aprendi e muito com este blog e continuo aprendendo e buscando inspiração para amparar e ser útil no plano espiritual, mas para isso devemos ser útil no plano físico. Eu percebi que cada projeção minha onde eu queria ser útil e ajudar nunca conseguia, tinha eu vontade de amparar mas não vinha oportunidade, foi aí que eu percebi que a primeira consciência a ser ajudada era "Eu" pois como posso ser um amparador ou um conselheiro se estou preso dentro de meus egos e meu mundo físico? Como pode um cego querer guiar outro cego? Talvez o maior aprendizado que tive até hoje foi isso, uma emoção grande toma conta de mim, é tanta coisa pra escrever que acabo me perdendo rsrsrs, mas é tanta coisa pra aprender que fico pensando o qual maravilhoso tudo isto, o que a vida nos proporciona, aquilo que não podemos ver mais sentir, meus amigos não tem como explicar. Postem suas experiências aqui, vamos compartilhar nosso aprendizado e se libertar das nossas próprias corrente. Muita Paz e Luz.
http://s3.eplaces.com.br/_default/yogacomvoce/img-site/da0b8bd48a6b443aa1f02f04ae0691dd.jpg