28 de dez de 2011

Mensagem De Final de Ano

Aos queridos Leitores do Blog, Desejamos Um Feliz Natal (Atrasado) e um Próspero Ano Novo!
Que 2012 seja um Ano abençoado, cheio de conquistas e realizações, que não nos esqueçamos dos valores Espirituais e façamos sempre o bem ao próximo.
O blog está sendo pouco atualizado, devido a alguns fatores relevantes (estudo, trabalho), mas esperamos em 2012 poder trazer algumas novidades, mais atualizações e principalmente esclarecimentos aos leitores sobre Projeção. Buscando levar de maneira simples e objetiva o conhecimento a todos.
Um Feliz 2012!
Equipe Projeção Astral e Espiritual 




19 de out de 2011

Dicas Para uma Boa Noite de Sono

Olá Galera, recebi por email esta matéria, gostaria de compartilhar, pois será de grande ajuda.

Academia Brasileira de Neurologia ensina como dormir bem

Por Adriana Bifulco

São Paulo, 20 (AE) - Um sono tranquilo faz qualquer um recuperar as energias. O mesmo, no entanto, não se pode dizer das noites passadas em claro. Por conta do Dia Nacional do Sono, 21 de março, a Academia Brasileira de Neurologia vai promover a Semana Nacional do Sono a partir de amanhã (21) e até o dia 28 para ensinar a população brasileira a adotar pelo menos uma semana de bons hábitos para aprender a dormir melhor.

6 de set de 2011

Estado vibracional, como atingir?

Muitos projetores conhecem este estado, pois é com ele que percebemos a nossa lucidez fora do corpo físico. Quando sinto o E.V. percebo que meu corpo balança para lá e para cá, uma vez eu comecei a girar no meu quarto que nem uma roda achei isso engraçado. Ouvimos em muitos relatos que os projetores sentem o E.V. antes de sair do corpo ou seja quando você começa a sentir e estado vibracional fica muito mais fácil sair do corpo.
Agora, como atingir o estado vibracional? Bem, primeiramente você deve conhecer muito o assunto e principalmente conhecer na hora que for sentir. Existem muitas técnicas para chegar a este estado mas não é tão simples assim pois nossas energias estão muito densas e isso implica na densidade do corpo astral, por isso que devemos exteriorizar energias antes de aplicar a técnica do E.V. pois com as energias limpas facilitara mais a sensibilidade e o desprendimento do mesmo, mas isso deve ser feito todos os dias por isso eu sempre indico a técnica completa do Saulo Calderon do site viagemastral.com que tem uma limpeza geral das energias. Se você tem dificuldades para alcançar o E.V. darei lhe uma dica, antes de dormir faça a limpeza energética e depois durma descanse bem o seu corpo físico e acorde de madrugada entre 3:30h e 4:30h claro com o despertador e com um esforço levante e de uma caminhada pela sua casa e depois volte e deite, ao deitar relaxe o corpo na posição supina e comece a movimentar suas energias visualizando e sentindo uma bola de luz branca se movimentar da sua cabeça até seus pés e vai aumentando a velocidade até chegar a uma velocidade muito grande e depois pare e se concentre na parte do seu corpo que estiver sentindo alguma coisa uma pulsação ou formigamento e tente aumentar isso, se não conseguir faça a circulação energética de novo no máximo três vezes faça a circulação e se não conseguir sentir o pré E.V. ou até mesmo o estado vibracional tente dormir pois quando estiver entrando no sono suas onda cerebrais irão cair rapidamente e por ter circulado suas energias você provavelmente irá sentir um choque muito grande. Bem está é uma dica fiz isso e consegui senti o E.V. com facilidade use como pesquisa e tente se caso conseguir poste nos comentários sua experiência.
Muita paz e luz....

29 de jul de 2011

Estar fora do corpo é...







Sentir a liberdade concedida para nós.
Olhar o mundo por um outro angulo.
Olhar a vida por um outro angulo.
Sentir a vida mais presente.
Sentir emoção em ver a verdadeira maravilha.

Estar fora do corpo é...
Escreva nos comentários e mande sua sugestão para complementar este post.


5 de jul de 2011

Relatos: Projeção lúcida explorando a vizinhança








Dia 5 de julho de 2011 terça feira, mais ou menos 07:30, clima frio mais ou menos 5º.
Olá amigos este foi mais ou menos a hora em que estive fora do corpo com lucidez, lucidez que perdi durante a experiência. Antes eu havia acordado de um sonho depois retornei a dormir e senti meu corpo leve e vi que a projeção seria certa, perdi muitas coisas que eu fiz durante essa experiência mas vou tentar relatar o que eu me lembro. Quando saí estava dentro de casa eu acho
e encontrei minha mãe e dei um abraço nela mas ela não me viu pense que já estava acordada e resolvi fazer isso para ver se ela sentia algo, depois saí para a rua e estava escuro lá fora* mas era umas 7:30 da manhã, mas nem percebi isso, como sempre em outras projeções pensei aonde vou agora eu me senti livre e poderia escolher o que fazer aonde ir, pensei logo em seguir pelo mesmo caminho de outra projeções que fiz mas resolvi mudar de lugar, entrei na casa do vizinho da frente estava muito escuro então levantei minha mão e fiz com que dela saísse um luz par
a iluminar não sei da onde tirei esta ideia mas foi boa, se você estiver fora do corpo e encontrar uma escuridão levante sua mão e faça sair da palma uma luz como se fosse uma lanterna projetiva, voltando ao relato, encontrei pessoas dentro da casa elas pareciam não me ver achei que eram meus vizinhos mas deveriam ser espíritos continuei e saí por trás da casa e encontrei outra casa e aquela escuridão
e iluminava com minha manolanterna projetiva* rsrsrs. Depois tive um desagrado encontrei um espírito bêbado que estava com característica de um conhecido mas sei que não era ele que
também é bêbado, ele me viu e começou a falar comigo e eu iluminava minha manolanterna projetiva para vê lo ele me disse algo que não gostei e fiquei com muita e muita raiva isso me tirou a lucidez quase que total, vou contar o que ele disse, enquanto falava comigo ele disse que casou ou era ou vai casar com uma menina de 10 ou 12 anos
os e isso me deixou com muita e muita raiva pois eu não gosto de pedofilia sou contra e na quela hora cheguei a sentir ódio pensei em agredi lo fiquei furioso e isso me fez perder a lucidez caí em devaneios continuei a projeção em um lugar conhecido mas já não estava mais lúcido acabei até esquecendo do acontecido depois que voltei deitado na minha cama tentei rememorar a experiência e estou relatando agora as 11:26 e comecei a pensar será que o mundo está perdido, talvez o ódio que sinto pela covardia estaria me levando ao inconsciência e me esqueço que tudo no mundo é passageiro e acontece por uma razão. Fico triste em pensar que
agora muitas crianças sofrem vejo na televisão o sofrimento e mau tratos que elas passam. Espíritos de luz me ajudem a compreender os planos da vida.
É amigos a cada experiencia um novo aprendizado obrigado mentores por esta oportunidade de liberdade e auxilio espiritual. Vamos amparar todas as crianças do nosso Brasil e do mundo...
Muita paz e luz.

*Sempre minhas experiências acontecem de manhã mas quando saio está escuro isso devido a frequência astral q
ue se encontra meu espírito e o tempo.
*Manolanterna projetiva: Mãos extrafísicas que servem de lanterna e muito simples fazer.

13 de jun de 2011

EXPERIÊNCIAS FORA DO CORPO E LUCIDEZ EXTRAFÍSICA

- por Lázaro Freire -

Outro dia, perguntaram-me no Orkut:


“Como diferenciar os sonhos lúcidos de uma projeção astral? Existiriam apenas sonhos lúcidos, uma vez que a projeção, por não ter provas científicas, parece ser mero misticismo?” Resposta:


- Dentre outras, a principal forma de diferenciar os sonhos lúcidos das chamadas Experiências Fora do Corpo (EFC, projeção da consciência, viagem astral, projeção astral, desprendimento espiritual) é através do nível de lucidez. O nível de consciência pessoal é completamente diferente.


No sonho lúcido, a percepção é inferior ou aproximada à da vigília; já na projeção astral, o estado de superconsciência é de tal modo SUPERIOR à lucidez de agora na vigília, que a experiência se torna inconfundível - para quem a vivenciou.


Como sabe quem sonha e depois acorda mais consciente do que no estado onírico, graus superiores de lucidez conseguem, mais por experiência íntima do que por definição ou provas, constatar a existência do grau inferior. E, como sabem aqueles que já tiveram sonhos lúcidos, por mais real que esteja sendo uma experiência consciencial, sempre poderá haver um estado superior (inclusive em relação ao estado de agora, em que não estamos plenamente conscientes de todo nosso potencial).


Em termos práticos: agora, na vigília, você consegue avaliar que a experiência da madrugada, menos lúcida e menos contínua, foi sonho. Mas se não acordasse nunca, seria difícil ter esta certeza, e mais ainda prová-la dentro do sonho.


Do mesmo modo, um estado de hiper-lucidez é comprovável intimamente a partir dele, e o tendo, é possível até mesmo aqui perceber a diferença; assim como num sonho lúcido sabemos que há um estágio, já vivido, de consciência e continuidade, superior.


Note que é uma experiência íntima, intransferível. Ter que "provar" um estado superior de consciência a quem não está nele, faz tanto sentido quanto tentar provar a um personagem de nosso sonho lúcido de que "há vida após a cama".


Dar provas projetivas a quem se encontra neste grau em que estamos agora, é tão "lógico" quanto ser obrigado por um amigo de dentro do sonho lúcido a acordar para, da vigília, mandarmos um recado a ele.


Aliás, esta questão das "provas" merece um maior discernimento. Se a dúvida é do outro, que não teve a experiência íntima, seria ele quem deveria procurá-la, dentro de si (pois é íntima), e não no relato e demonstração do outro.


Por outro lado, todas as "provas", se houvesse, seriam refutáveis, uma vez que, como demonstrações externas de algo que ocorreu em nível consciencial, sempre poderiam ter QUAISQUER outras explicações igualmente externas.


Poderíamos, entretanto, criar a partir das observações alguma teoria ou neo-ciência que explicasse o fenômeno (não basta "dar nomes"). Mas estas precisariam usar paradigmas transcendentes aos atuais, e até estas seriam sempre novas. Como tal, todas estas seriam também, por sua vez, refutáveis. E nada disso anularia a experiência de tantos que relatam ter a experiência extracorpórea, havendo ou não uma "explicação".


É evidente que isto não deve desencorajar a pesquisa (de quem é pesquisador sério), mas daí à exigência, por parte de céticos, de provas dos práticos, sob pena de discussões infrutíferas, desafios e perseguições, vai distância.


Alguém que não aceita a projeção astral tampouco tomará como referência a Projeciologia. Um psicanalista que admita no máximo a realidade individual, não teria motivos para se fiar em elementos coletivos ou parapsicológicos. Um médico embasado na medicina medieval tampouco atribuiria explicações das doenças a "místicos" seres invisíveis (bactérias e vírus), ainda que invisíveis apenas aos seus limitados meios de prospecção. Por uma questão de lógica, não se pode exigir uma explicação transcendente usando apenas valores do transcendido.


Quanto a provas CARTESIANAS, como as pedidas (mais por céticos do que por verdadeiros pesquisadores), é pouco inteligente (e nada científico) exigi-las nestes assuntos. Isso revela, sem querer, uma mentalidade pré-quântica, atrasada, o que não é compatível com nenhuma postura realmente "científica".


É bom lembrar que, até mesmo a Psicologia Junguiana (e seu inconsciente coletivo e sincronicidades) e a Física Quântica (e seus "desaparecimentos" de elétrons, supercordas e comportamento da matéria como energia), para citar apenas duas áreas populares ensinadas em faculdades tradicionais, tampouco seriam "aprovadas" por este crivo cético inquisitorial, que ainda quer ver o universo explicado pelas três leis de Newton, ou pelas dez de Jeová.


Ciência não é trocar a Bíblia pela revista Superinteressante (ou menos que isso) e só aceitar como verdade o que o pastor-professor estabeleceu como já ensinável no segundo grau. O método científico não só admite a existência de coisas "além" (do conhecido), como dele DEPENDE. Tudo o que foi estabelecido era antes desconhecido; logo, é cientificamente ÓBVIO que muitas das coisas "reais" que ocorrem não têm como estar documentadas.


Antes de alguém dar um nome, muito do que hoje é verdade já foi taxado como sobrenatural. Há apenas 150 anos atrás, lavar as mãos (como as freiras) para realizar partos era visto como misticismo. A gravidade é anterior a Newton; a eletricidade a Franklin. Microorganismos já existiam antes dos microscópios. E projeções astrais, também.


É exatamente por isso que existe ciência, que NÃO É o mesmo que ter a "fé dogmática do ceticismo", que não deixa de ser uma opção "religiosa", que demanda a maior de todas as crenças: acreditar e apostar que NADA existe no universo além do já conhecido pelo limitado homem atual.


A ironia é que o ceticismo não é apenas "fé", mas trata-se, também, de uma fé "fundamentalista", já que, devido à sua natureza, tende a ser imposta a quem "acredita" em coisas diferentes.


O paradoxal é que a fé cega no racional é, como toda fé, algo irracional. Afinal, em qualquer das épocas passadas da humanidade, sempre havia algo a ser descoberto. E todos os pesquisadores de ponta, do que viria a ser ciência logo a seguir, foram tomados como hereges ou místicos, ainda que falando de coisas que poderiam SIM ser experimentáveis (de algum modo), mas JAMAIS dentro do paradigma de então.


Logo, é razoável pressupor que a história não tenha acabado, e ainda haja muito a ser descoberto, com paradigmas novos tão ou mais surpreendentes do que os revelados por Giordano Bruno, Galileu, Darwin, Einstein, Jung; todos eles heréticos de algum modo. Não se pode descobrir o novo enquanto preso ao antigo.


Entretanto, há uma questão mais incômoda ao ceticismo gratuito, que nem demandaria tanto discernimento assim. Praticamente um erro fundamental, maior até do que a constatação de que a ciência, assim como a história, não acabou.


Trata-se da falência, já há tempos, do paradigma cartesiano para explicar todo o universo. Nem mesmo a ciência dita "acadêmica" se mantém fiel sequer ao tempo-espaço linear, como bem sabe qualquer aluno de primeiro ciclo da área de exatas.


Conclusões semelhantes podem ser obtidas na área de humanas, que aplica há tempos conceitos como inconsciente coletivo, arquétipos e sincronicidades acausáveis; ou mesmo em ramos da Biologia, que admitem que pelo menos algumas espécies (como as abelhas) comportam-se como que conectadas a um ser maior do grupo, como se houvesse uma inteligência coletiva (da colméia, no exemplo), que não pode (ainda) ser provada enquanto natureza, mas ainda assim lá está.


Note que a Física Quântica, e até mesmo a relatividade, baseiam-se em postulados que não podem ser "provados", e extrapolam Newton.


Se nem o salto quântico do elétron que "desaparece" e muda de órbita (conceito inicial de quase toda a Física moderna) pode ser provado "cartesianamente", é "pouco inteligente" exigir hoje que justamente as questões internas e/ou conscienciais o sejam.


Ciência implica estar aberto para o novo. Certas exigências de provas dentro de um tempo-espaço linear e causal, (comprovadamente incompleto por Jung e Einstein) soam como uma exigência primária de demonstrar integrais usando apenas as quatro operações, sob pena de analfabetos em álgebra interditarem a faculdade*.


No mínimo, trata-se de um "mico" consciencial - mas face ao já descoberto pela ciência de ponta hoje em dia, o mico pode ser científico, também.

Fonte: http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=4583:experiencias-fora-do-corpo-e-lucidez-extrafisica&catid=50:lazarofreire&Itemid=162

23 de mar de 2011

Meditação para Remoção do medo


Encontrei este vídeo a algum tempo no youtube, é uma técnica muito boa para a remoção do medo, eu usei ela e deu resultado, espero que gostem.

22 de mar de 2011

Como eu diminuí o medo

Olá amigos projetores iniciantes, hoje vou escrever um pouco sobre o medo e como eu perdi o medo de sair do corpo. Todo candidato que inicia a projeção astral sofre com o factor medo. Falamos no penúltimo post porque é tão difícil sair do corpo citando alguns factores, só que citei o medo pois queria fazer um post sobre ele.
Quando iniciamos os estudos ou já temos uma base dele a algum tempo, temos aquela vontade de deixar o nosso corpo físico e sair para outras dimensões, estudamos o dia inteiro e falamos que vamos fazer as técnicas e quando sair voamos conversar com espíritos etc. Quando chega a noite começamos a ficar com receios e lá vem o medo que está dentro de nós. Basta apagar a luz e pronto, você não quer nem saber de abrir um dos olhos, isso é totalmente normal, ter medo não é uma doença ou deficiência que nos limita, o medo é uma defesa natural do nosso corpo pois quem na verdade sente medo é o nosso corpo e não o nosso espírito. Muitas vezes perdi de me projetar por causa do medo e é isso que vou falar depois, de como eu fui diminuindo o medo, mas antes para complementar, o medo é o principal factor que dificulta e faz muitas pessoas terem infelicidades nas suas tentativas, pois quando o ambiente está bom, o clima está bom, você está bem interiormente e vai tentar sair do corpo não consegue pois o medo trava toda sua vontade. Ao deitarmos a noite no quarto escuro começamos a nos perguntar: O que eu vou encontrar? Será que a projeção é segura? Será que eu vou me perder? Será que um espírito vai me atacar? Será que meu cordão de prata vai se romper e assim por diante. Isso vou escrever mais num post sobre perigos, agora vou escrever sobre como fui perdendo o medo.
Quando comecei os estudos fiquei fascinado com tamanha capacidade deste fenômeno espiritual, queria sair do corpo e voar pelo mundo em cima de árvores, rios e paraísos, queria sair do planeta e ver a terra, ir pra lua ir para outras galáxias, mas fui aprendendo que a projeção não é apenas para você e sim para sua evolução, aprendi que devemos ajudar, ir para o umbral, dimensões mais pesadas. Deitava com vontade de sair do corpo, totalmente preparado e sabendo o que fazer lá fora mas algo me travou, o medo, mas medo do que? Confesso para vocês que tive muito medo sim no inicio quando ia deitar de luz apagada, uma vez eu estava fazendo a técnica energética quando senti que a projeção era certa mas tive muito medo e falei não não volta pois senti meu corpo leve e aponto de flutuar mas travei, por causa do medo perdi a projeção, naquela hora senti receio de sair e dar de cara com alguma pessoas, um espírito deformado e até mesmo um espírito não deformado, me senti uma criança que se esconde de baixo da saia da mãe pois tem medo dos estranhos. Outra vez encontrei me em estado de catalepsia astral, é muito raro para mim entrar neste estado pois a maioria das minha experiências foram através de ev ou sonho lúcido, quando senti meu corpo paralisado e aqueles ruídos na hora falei volta volta, forcei a volta ao corpo pois tive medo também muito medo de deixar o corpo, isso aconteceu duas vezes se não me engano mas em dias diferentes, não me lembro quando pois não tenho costumes de anotar tentativas fracassadas mas é muito importante anotar e ver o por quê do medo. Estudo projeção a mais de quatro anos ou seja sou iniciante como todos vocês, dessas experiências que tive pra cá comecei a conversar com o medo, sempre ao deitar conversava com Deus e os mentores, também fiz uma técnica para perder o medo, vou postar no próximo post, e foi muito eficaz, mas fui diminuindo o medo com o passar do tempo, sabendo que o nosso espírito não sente medo, pois quando estamos em catalepsia ou próximo ao corpo físico sentimos o medo dele, mas ao afastarmos o nosso corpo astral vamos sentindo mais coragem e firmeza em nós mesmo. Fiquei um tempo sem estudar projeção pois passei por momentos difíceis como todos nós, até tirei o blog do ar, mas voltei com mais vontade e determinação, hoje não posso dizer que perdi totalmente o medo, mas me equilibrei e procurei conhece lo melhor. Repita para você mesmo, ainda eu tenho medo e com o tempo vou controlá melhor ele.
Muita paz e luz...


Dúvidas ou sugestõs mande nos um email: marcelo.rodrigo13@hotmail.com

18 de mar de 2011

Divulgue Seu Blog

Olá amigos viajores iniciantes, estamos com uma idéia legal para o nosso blog que é divulgar o su blog que fala sobre viagem astral, projeção astral e espiritualidade. A idéa é fazer com que a pessoa que estuda o assunto crie um blog e divulgue e assim vai divulgando outros blogs que estão começando fazendo uma corrente e levando informações para mais pessoas, pois todos os dias aparecem novos usuários da internet e mais usuários que vão conhecer brevemente o assunto projeção astral.
Para divulgar é muito simples, no final deste post tem um pequeno formulário onde você deve preencher corretamene com seu nome, blog e email, tambem pedimos para que coloque o nosso blog como um blog parceiro na sua lista.
Se você não tem um blog ainda pode criar através do blogger.com e colocar informações de pesquisadores, sem claro de ter fins lucrativos mais para ajudar e levar informações. Poste aquilo que lhe ajudou a sair do corpo, compartilhe suas experiência e leve também bom humor com seu novo blog. Se caso quiser tirar informação deste blog para postar no seu está autorizado, pois o importante é levar mais adiante o assunto e fazer crescer cada vez mais a espiritualidade no nosso brasil e no nosso planeta.
O que está esperando crie seu blog e comece a divulgar.
Muita paz e luz...

Preencha com seu enderço de email e endereço do seu blog
Peçamos para que coloque o nosso blog na sua lista de blogs como parceiros

15 de mar de 2011

Por que é tão difício sair do corpo? Onde estou errando?

Muitos iniciantes quando ouvem falar em experiências fora do corpo, viagem astral, projeção astral etc, ficam totalmente tomado por esse fenómeno e se interessam de forma que sua vontade seja maior. Depois de algum tempo estudando praticando técnicas, percebe que não consegue resultados, no começo até é mais fácil devido a vontade do iniciante que consegue uma catalepsia, um EV e até mesmo um sonho lúcido. Porém quando percebe que não consegue mais sair do corpo e encontra dificuldades na limpeza energética começa o processo de desanimo e de desinteresse pelo candidato a projeção. Por que temos tanta dificuldade para sair do corpo? Será que minhas energias não estão limpas? Será que eu não fui chamado a sair do corpo? Será que o ambiente que eu faço as tentativas não é adequado para a projeção? E assim vamos nos perguntando onde é que estamos errando, o que devemos fazer para facilitar o processo.
Primeiro, não se precipite ao ver resultados que o decepcionou na tentativa frustrada de sair do corpo. Pense em quanto tempo você está tentando, fazendo técnicas, cuidando do seu interior. Os desânimos existem sim, mas são repercussões do nosso dia a dia, dos nossos trabalhos e ambiente em que viemos. As vezes porque alguém disse que sair do corpo é errado ou algum impacto na vida pessoal.
Outros factores que dificultam a projeção é o ambiente onde realizamos nossos trabalhos energéticos, isso depende de cada ambiente, pode existir lugares com energias mais leve e suave e lugares mais pesado, isso dificulta e muito a limpeza das energias, mas não é impossível, quando você faz a limpeza energética diariamente o ambiente vai ficando mais limpo também pois com a troca diária das suas energias o local junto com seu corpo espiritual e físico se renovam. Mas se você fez apenas uma ou duas semanas de limpeza energética e viu que não apresentou resultados e resolver parar é claro que fica difícil, se o ambiente é muito pesado não é de uma hora pra outra que você vai limpar ele, isso pode levar meses ou até anos dependendo, se você achar o lugar muito pesado troque por outro que se sinta melhor mas não pare de praticar e limpar suas energias.
O clima é um factor que influência na projeção sim, pois quando deitamos e relaxamos precisamos de um ambiente fresco com humidade normal para que o nosso corpo não se sinta incomodado por nada. Quando o clima é muito quente, calor, temos dificuldades grande nos trabalhos energéticos pois a energia pesa mais principalmente em lugares onde o calor chega próximo dos 40º, se isso for o seu caso não pare de tentar, antes de deitar tome um banho fresco, deixe a janela aberta para entrar ar, o ventilador atrapalha também no trabalho energético, mas se estiver muito calor você não tem escolha mesma coisa o ar condicionado. Um projetor experiente consegue sair no calor e no frio dependendo do ambiente pois trabalha muito tempo as energias, você também pode basta tentar sempre. O frio, ao contrário do calor, facilita o processo energético e ajuda muito na circulação, se o lugar for muito frio use blusa, mas não muito pesadas, e uma coberta não muito grossa para não sentir calor. As blusa não atrapalham pois na limpeza energética você limpa as energias das roupas também.
O dia mais fácio de sair do corpo é quando chove, pois a água limpa as energias da terra, ela lava e deixa tudo bem purificado, quando chover vai e faça sua limpeza energética, não perca essa oportunidade, você pode até visualizar a chuva caindo em você lavando suas energias e a do seu ambiente.
A noite principalmente de madrugada é a hora mais fácil para se projetar do que de dia, pois a noite todos estão dormindo e as energias estão mais leves e os mentores se fazem mais presente, claro que de dia também possível mas é um pouco mais difício devido as turbulências da vida e as energias pesada do lugar.
A falta de vontade, o desanimo são maiores factores. Se você quer sair do corpo saiba que isso pode levar tempo, pode começar a ter experiências lá de vez em quando, mas não pare estude pesquisa e quando for desanimar pegue um livro, leia um relato projetivo, veia até o blog e leia os nossos artigos, não desista pois você foi chamado sim a sair do corpo e ajudar os espíritos lá fora, mas primeiro olhe para dentro de você e se pergunte "Eu estou bem interiormente?" quem deve ser ajudado? são os espíritos ou você?
A chave infálivel para a projeção é a vontade e a determinação. Até a próxima amigos fiquem com Deus.
Muita paz e luz...

Dúvidas ou dificuldades, mande nos uma mensagem, basta ir até o final do blog e preencher o formulário completamente
ou made nos um email para marcelo.rodrigo13@hotmail.com

12 de jan de 2011

Relatos: Projeção em um cemitério

Olá amigos hoje vou postar uma experiência que aconteceu comigo semana passada, no dia 04/01/2011, essa experiência me deixou muito pensativo, mas foi muio bom para mim, pois aprender como lhe dar com determinadas situações, sobre a dimensão existente e as formas de pensamento. Vamos a experiência.
No dia 3 um dia antes, fui me deitar la pelas 23:20h para limpar minhas energias, como sempre coloquei o despertador para as 03:30h. Acordei de madrugada desliguei o despertador do meu celular e levantei fui ao banheiro depois tomei um pouco de água e voltei pra cama, e comecei a fazer a técnica do EV (Estado Vibracional), exteriorizei e absolvi energias e acabei dormindo, lembro me de estar sonhando, logo após acordei estava ditado na minha cama com os olhos fechados e sentindo as energias se moverem pra cima e pra baixo então forcei ainda mais a circulação dessa energia e senti o EV mais forte, então forcei a saída e dei um pulo levantei fora do corpo, fui em direção a porta que dava para a cozinha, a porta estava aberta e a luz na cozinha acesa, mas no plano físico não estava, vi o fogão abri aporta dele e fechei, a cozinha estava como sempre, saí dali e fui até o portão da minha casa pulei o muro, esta começando a clarear então tentei voar mas como sempre estava muito denso devido ao calor forte em foz do iguaçu o corpo absorve muita matéria e téria e também o fato de dormir no mesmo quarto do meu irmão. Segui meu caminho fui até o ponto de ônibus perto de casa e vi um ônibus subindo tentei fazê lo parar com acenos mas ele continuou, tentei entrar nele mas não consegui, no ponto vi chegar uma mulher com uma linda bebezinha no colo, me aproximei da mulher mas ela não me via então comecei a brincar com a linda criança que reagia aos meus paparicos. Continuei andando e vi uma casa que conhecia mas tinha algo errado lá, parecia ser um cemitério, mas não havia cemitério naquele lugar, estava cercado por arame farpado, me deu vontade de entrar lá pulei os arames sem me machucar e comecei andar em cima dos túmulos, resolvi pedir ajuda aos mentores, mas não aconteceu nada, apareceu uma poma e me veio a intuição que deveria segui la e fui atrás dela, subi até um local onde tinha duas imagens de N. S. Aparecida dentro de um vidro, toquei nela e fiz o sinal da cruz e rezei uma ave maria, depois subi mais pelas escadas entrei em um quarto, lembro me de ter visto uma televisão. Pensei no corpo e voltei na hora, depois tive um outro sonho.
Quando acordei fiquei muito pensativo, o fato de existir coisas no mundo astral que não existem aqui, talvez seja a forma de pensamento, mas fiquei feliz pela experiência, o fato de brincar com a linda bebezinha e também encontrar a imagem né N.S Aparecida. Meus amigos, temos a vida inteira pela frente para pesquisar e estudar o assunto com dedicação e muita vontade, espero que tenham gostado da experiência que compartilhei mais uma vez e que possamos a cada dia aperfeiçoar melhor.
Muta paz e Luz...

8 de jan de 2011

O Efeito Alice no País das Maravilhas

Você projeta o seu corpo astral e olha em volta no seu quarto. Tudo parece estar normal, mas subitamente, você percebe: a porta está na parede errada? Enquanto você olhava em volta, você viu a porta com a visão de trás, confundindo a sua perspectiva mental natural de esquerda e direita. A mente não consegue assimilar isto porque a sua perspectiva frontal, e a posição dos móveis, quadros, janelas, etc. estão normais; mas sua visão de trás está invertida. Isso engana o subconsciente e faz com que ele crie uma porta onde ele pensa que ela deveria estar. Quando você olha para essa porta, ela parece real, embora você saiba que ela está no lugar errado. Uma vez que ela tenha sido criada, ela não será desfeita, porque isso seria inaceitável para a sua mente consciente. motivo: portas sólidas normalmente não tem o hábito de desaparecer diante de seus olhos.

Quando você se vira para onde a porta deveria estar realmente, você irá, usualmente, encontrar a porta lá como de costume. Agora você pode ter duas, ou mais, portas onde deveria haver apenas uma. Se você atravessar a porta real, você encontrará o resto da casa como ela deve ser realmente. Mas, se você atravessar a porta falsa, a mente sabe que ela é falsa, e não irá aceitar que ela leve a uma parte normal de sua casa que ela sabe que possivelmente não está lá. Então, se você abrir esta porta você encontrará outra coisa. Geralmente é um corredor ou passagem, que sua casa não tem, levando a outras partes que sua casa também não tem.

Daí em diante, se você atravessar essa porta, você está no País das Maravilhas, onde tudo é possível, apenas não muito plausível. O que você está fazendo de fato, é entrando na dimensão astral via criação descontrolada, através da porta que você não tinha, mas agora tem. Uma vez que o subconsciente comece a criar assim, ele continua criando a uma taxa geométrica. É necessário, para a mente consciente, que ela assimile a situação anormal em que se encontra. Em algum estágio, nesse processo criativo, o subconsciente perde completamente o controle e começa a sintonizar com outras partes do astral. Nesse ponto da projeção, toda semelhança da realidade é perdida e você desaparece para dentro da verdadeira dimensão astral.

Existem muitas maneiras em que esse efeito "Alice" pode ocorrer durante uma projeção, o exemplo acima é apenas uma variação. Foi percebido, por muitos que fazem projeção, que as vezes durante a projeção eles parecem perder o controle dela. Objetos aparecem, desaparecem, e, geralmente tudo fica um pouco estranho. Isto é devido, basicamente, a vasta habilidade criativa do subconsciente se manifestando. Ele começa a fazer e desfazer coisas, e a sintonizar com outras áreas do astral tornando tudo mais difícil para a pobre pessoa.

Para evitar o problema acima: Concentre-se no que está fazendo enquanto está fazendo projeção e não deixe a sua mente vagar. O problema da inversão da visão pode ser minimizado se você se concentrar na sua perspectiva frontal durante a projeção, exemplo, enfoque uma direção de cada vez. Quando se virar, siga o quarto com a visão e não deixe que ela mude de uma perspectiva para outra. O astral não é um bom lugar para relaxar se você tiver planos sérios.

O grande poder criativo do subconsciente pode, entretanto, ser utilizado. É uma ferramenta extremamente valiosa se você souber como usá-lo. Eu irei detalhar maneiras de fazer isso, na terceira parte desta série, sob o título: "Projeção em realidade virtual" onde eu descreverei como criar seu próprio domínio astral pessoal.

Texto extraído do livro de Robert Bruce - Fora do corpo

2 de jan de 2011

Projetos para 2011

Olá amigos projetores iniciantes e que buscam assim como eu aperfeiçoar sempre o assunto, estamos começando o ano de 2011 com muita alegria e intusiasmo, estou lançando alguns projetos para ajudar os iniciantes no assunto a buscar com mais vontade. Um dos projetos é fazer videos explicando e falando sobre alguns assuntos como lucidez, sonhos, amparo, técnica etc, para aquele que está começando se interesar e buscar profundamente pesquisar e estudar o fenomeno. Outro projeto é a de relatos em áudio ou em vídeo, o projeto relatos em áudios foi lançado, mas com alguns probleminhas não foi possivel lançá lo e por isso espero que agora saía do papel, o mais prvável é o projeto de relatos em vídeos pois temos recursos bons, mas o video não será de boa qualidade mas vai ajudar bastante. Outro projeto será aquela sugestão que receberemos, se você tem alguma idéia para oblog envie nos no e-mail marcelo.rodrigo13@hotmail.com e veremos se é possivel colocarmos este projeto. Futuramente iremos fazer cursos para iniciante, estamos buscando mais informações para criar técnicas projetivas e energéticas buscando sugestões e opiniões e claro aprofundando bem o assunto.
http://www.youtube.com/user/Marcelochamorro1?feature=mhum
Este é o meu canal no youtube, não tem ainda videos disponíveis, mas que quiser pode se inscrever para receber as novidades de nosso projetos em videos.
Busque estude, existem muitos sites e pessoas disposta a ajudar no que for necessário.
Muita paz e luz